O incidente de OVNI de Kera em 1972

Ufo em Kera 1972

Embora pouco conhecido , tanto no ocidente como no oriente, o caso Kero ocorrido na cidade de Kochi seria o primeiro relato ufológico naquele país a deixar evidencias físicas .
Além disso, outro fato é que o incidente de Kera nunca foi amplamente discutido entre os ufólogos e não sabemos qual é a razão disso.
Tudo que sabemos que o fato foi recontado como uma história em quadrinhos em uma revista chamada OVNI. Estranhamente, essa recontagem acabaria levando o caso a ser reaberto e novamente investigado.
É um relato interessante porque, embora existam casos com alguns aspectos semelhantes, este parece ser um encontro bastante único.

Como aconteceu

No dia 25 de agosto a final de setembro de 1972 na cidade de Koshi .

Era final de férias de verão da escola segundaria e alguns estudantes observam um pequeno OVINI com formato de chapéu sobrevoando perto de uma plantação de arroz no complexo habitacional Yokobori .

A princípio os estudantes pensaram que fosse um morcego que estava voando naquele local , mas o objeto emitiu uma luz e voou com um movimento atípico de qualquer coisa que eles conheciam.

Sempre a tarde , por volta das 15 horas, os estudantes sempre observavam o mesmo objeto sobrevoando o mesmo local , um deles até jogou uma pedra contra o objeto que acertou em cheio produzindo um barulho parecido como chocalho.

O encontro com OVINI

O encontro com esse misterioso OVINI já era corriqueiro e na noite do início de setembro, eles encontraram ess pequeno OVNI , mas desta vez eles estava caído perto do um campo de prática de golfe 200m ao norte do complexo habitacional Yokobori.
Ao tentarem capturar o OVINI , este começou a piscar uma estranha luz azul e voou em seguida desaparecendo em poucos segundos.
Poucos dias depois, os estudantes encontraram novamente o OVNI flutuando cerca de 1m acima dos campos de arroz.
O OVNI girou no sentido anti-horário e emitiu luz pela parte inferior e pelas bordas.
Por razão desconhecida o objeto parecia se comportar mais agressivamente isso fez que com os estudantes ficarem com medo fugindo dali logo a seguir.

3 dias depois

Três dias depois novamente os estudantes encontraram o mesmo OVNI pousando próximo ao cume do campo de arroz.
Desta vez um deles tirou uma foto a cerca de 5 m, a nave pareceu pular cerca de 1,5 m no momento em que disparou o flash, assustando novamente os estudantes que com medo saíram correndo dali.

A captura

Nesta altura os estudantes queriam capturar aquele estranho e começaram a planejar como fariam isso. Um deles tinha observado que sempre em dias chuvosos o OVINI parecia não funcionar direito então eles tiveram a ideia de borrifar água em cima do objeto com a esperança de prejudicar seu sistema de voo facilitando na sua captura.

No dia 14 de setembro eles seguiram com o plano, ao avistarem o OVINI um deles conseguiu borrifar água por cima do objeto . O plano tinha dado certo , e após cobrir o estranho artefato eles o levaram para casa de um deles.